ÚltimasNotícias Confira as Últimas notícias publicadas no site

25/07/13

A verdadeira história de Lady Gaga e Lana Del Rey - Amor de Fã nº65

Nos últimos dias, o nome Lana Del Rey tem sido um dos mais comentados pelos Little Monsters. Em uma música vazada na internet, chamada "So Legit", Lana ataca Gaga afirmando que ela era uma "droga". Mas qual seria o motivo disto? A cantora de "Born to Die" está realmente falando da Mother Monster na música?


Stefani, você é uma droga. Eu sei que você vendeu 20 milhões, queria que eles tivessem visto quando nós te vaiamos pra fora em Williamsburg

Em uma publicação feita dias atrás, levantamos a hipótese de que a música poderia ter sido escrita para Gwen Stefani (que além de ter Stefani no nome, também vendeu algo em torno de 20 milhões de álbuns). No entanto, se formos considerar uma matéria escrita pela Billboard (leia aqui) e os textos de vários outros sites, o ataque é realmente dirigido para Gaga.

Mas será que os Little Monsters estão sendo justos em crucificar a cantora? Os milhares de unfollowers que ela levou no twitter após o vazamento da música eram mesmo necessários?



Escolhemos este tema para voltar com uma das colunas mais tradicionais do RDT GAGA, que foi ao ar pela primeira vez no mesmo dia em que tivemos a nossa estreia no mundo dos fã-sites.

Abra sua mente para novas possibilidades, deixe o possível ódio ou prejulgamento que está na sua mente de lado e embarque no conteúdo da coluna feita para você que é um super fã. A 65º edição do "Amor de Fã" está no ar!



"Lana Del Rey é um lixo! Ela nunca vai vender tanto como a Gaga e nunca vai ter uma turnê entre as mais lucrativas da história! Ela é uma falsa!" Estes são apenas alguns dos vários adjetivos dados a Lana Del Rey por alguns "Little Monsters" após a música "So Legit" vazar na internet. Mas será que nenhum deles está se precipitando ao fazer este tipo de julgamento sem ter maiores conhecimentos sobre a canção?

Nossa publicação sobre a música feita na segunda-feira, recebeu mais de 200 comentários e todos eles bem diversificados. Alguns defendiam Lana acreditando que a composição seria para Gwen Stefani. Outros tentavam achar uma explicação para o que estava acontecendo e outros se mostravam desapontados com tudo aquilo.

Até o momento, apenas perguntas, sem nenhuma afirmação concreta. E isso nos leva a pensar: Existe uma resposta? Uma explicação para tudo isto? Sim, existe! Lana Del Rey não criticou Lady Gaga por nada, ela tinha um motivo para isto que no momento, poderia fazer total diferença.


Lady Gaga e Lana Del Rey tiveram começos parecidos no mundo da música. Em 2006/2007, Elizabeth Woolridge Grant e Stefani Germanotta, se apresentavam em clubes e bares de Nova Iorque promovendo suas canções e tiveram EP's lançados pelo mesmo homem, Bob Leone.


Com Lizzy Grant (Lana Del Rey), Bob lançou o EP "Kill Kill" em 2007, e com Stefani Germanotta (Gaga), o EP "Red and Blue" em 2006.


No ano de 2006, Lana e Gaga foram duas das 8 compositoras escolhidas para se apresentarem no "SHOF New Artists Showcase" em Junho do mesmo ano (e foi ai que ambas se conheceram). Até o momento, estava tudo bem, mas as coisas viriam a esquentar mais tarde.


Bob queria a qualquer custo colocar uma de suas descobertas nas paradas de sucesso, e de acordo com algumas informações obtidas por nós, ele criou uma pequena competição entre os compositores que gerenciava onde Gaga e Lana estavam envolvidas. "So Legit" então, estava prestes a ganhar vida. Nesta competição, Stefani se saiu melhor que Lizzy e ganhou a prioridade de Bob.

Foi nesta época que Gaga começou a crescer. Ainda com Bob como seu gerente, ela começou a trabalhar com Rob Fusari e assinou contrato com sua primeira gravadora, a "Def Jam Records". Enquanto isto, Lana foi colocada de lado, e embora ainda estivesse com Bob, já não ganhava a atenção que desejava. Provavelmente nesta época, surgiu a canção em que ela cita Stefani.

Veja abaixo uma breve analise da letra:

Você era o rei dos bizarros nas lojas de piercing
Todas as garotas achavam que podiam cantar
Mas elas não podiam
Merda, não entendo

Você parece um homem
Você fala como um bebê
Como sua canção
Entrou num comercial da Coca, loucura?
Não entendo
Seu gosto era requintado

Já no início da música, é possível notar que Lana está falando sobre Gaga. Na época em que a canção foi feita, ambas trabalhavam principalmente como compositoras, então Lana pergunta: "Como sua canção entrou num comercial da Coca?" dizendo logo em seguida "Seu gosto era requintado".  Gaga não tinha uma de suas músicas no comercial da Coca na época, mas provavelmente, este e vários outros trechos são uma metáfora. Como na época Stefani teve mais atenção de Bob, Lizzy usou várias metáforas para perguntar o porque daquilo.

O que aconteceu com Brooklyn?
O que aconteceu com Nova Iorque
O que aconteceu com a minha cena?
O que aconteceu com o punk rock, rock?

Você me chamava de rainha da cena da cidade, babe
Por que merda você mudaria
E me substituiria?
Não entendo, sou tão original

Diga-me, foi por que não tinha joias de platina?
Você achou que isso não era muito bacana
Criança, foi por isso?

Neste trecho, Lana parece demonstrar indignação por a pessoa de quem ela fala estar em um lugar que poderia ser dela. Bob sempre admirou Lana, sempre acreditou em sua voz e em seu talento. Então por qual motivo ele escolheria outra como prioridade?

Eu me apaixonei por sua voz. Suas canções tinham um tremendo potencial, ainda eram pouco desenvolvidas, mas eu estava hipnotizado por suas letras e melodias incomuns.
 Bob sobre quando ouviu Lana pela primeira vez

Stefani, você é uma droga
Sei que você vende vinte milhões
Queria que eles tivessem visto
Quando te vaiamos em Williamsburg
Você ficou magoada
Sei que minhas palavras não te magoam

Este é o momento onde fica praticamente confirmado que Lana cita Lady Gaga. A Chamando de Stefani, a intérprete de "Ride" diz que ela é uma "droga" e adoraria que todos tivessem visto quando ela havia sido vaiada em Williamsburg (cidade). Mas como ela poderia estar falando de Gaga, se na época a Mother Monster ainda não havia vendido 20 milhões?

Como afirmamos no começo desta analise, a canção é cheia de metáforas e esta parece ser apenas mais uma delas.


Oh garota, te vejo andando por aí com suas pérolas
Pensando que é a número um
Você é tão engraçada, porque querida, você não é

O que aconteceu com Brooklyn, a última fronteira?
Diziam que você conseguiria se dar bem em qualquer lugar
Se conseguisse aqui
Mas onde?
Não há magia no ar

O que aconteceu com Brooklyn?
O que aconteceu com nossa cena, baby?
Todos ficamos Gaga-Crazy?
Se lembra quando as ruas eram perigosas
E nós nascíamos malvadas
E nós nascíamos malvadas

Pelo restante da canção, a performer continua demonstrando sua insatisfação, dizendo que Stefani não é a número 1 e não é a melhor. Perto do final, ainda temos o "Gaga Crazy" que nos faz questionar ainda mais a música (Gaga também é muito usado como gíria nos EUA para "louco").


No ano passado (2012), começou a circular também na web um "print" onde Lana Del Rey, ainda como Lizzy em 2009, diz odiar Lady Gaga através do Facebook. Veja:

Nunca foi confirmado se a imagem acima é verdadeira

Agora, será que o sentimento de Lana Del Rey por Lady Gaga continua o mesmo atualmente? Será que a intenção de Lana era realmente ofender Gaga com a música?

Para um compositor, muitas vezes escrever funciona como uma válvula de escape aos estresses diários e ao turbilhão de sentimentos sofridos pelos artistas. A música é uma forma de arte e a canção não parece ter sido produzida para ser um produto cultural (tanto que se ela está disponível, é somente por ter sido vazada). Muitas vezes Lady Gaga escreveu canções sobre Lüc Carl, sobre ex-namorados que a fizeram sofrer (como Judas) e foi mal interpretada por isto. Não estaríamos cometendo o mesmo erro com Lana Del Rey?


Desde que explodiu com "Born to Die" e ganhou a atenção da mídia, Lana nunca veio a publico criticar Lady Gaga. Não teria todo esse suposto "ódio" ficado no passado? Quando se trata de Bob (o gerente), ela não parece guardar mágoas.

Lana e Bob neste ano (2013)

2 anos atrás, Lana mencionou Bob junto a Gaga no MySpace:

Te amo muito Bob. Não é estranho ouvir Gaga no rádio? Você teve um impacto monumental em muitas pessoas. E se alguém jamais decidir me ouvir, te direi então. Vamos nos ver breve. Eu quero ver a Brea também. Com amor.

Bob revelou recentemente que Lana é muito grata por tudo o que ele fez por ela e que nunca irá esquecer disto.


Em 2012, fãs que encontraram Lana Del Rey na porta do hotel onde ela estava hospedada em Los Angeles, contaram através do twitter que ela havia dito adorar Gaga. Desde então, a cantora tem se negado a comentar sobre a Mother Monster e negou recentemente uma parceria.

Relembre uma das ocasiões mais recentes onde Lana é perguntada sobre Gaga:



Fã: Você gostaria de cantar algo junto a Lady Gaga?
Lana: Ohh, eu não sei! Não hoje.


Gostando ou não da artista que chamamos carinhosamente de Mother Monster, Lana nunca usou isto para se promover ou para chamar atenção (lembre-se que mais recentemente, Madonna teve Gaga como um grande golpe de marketing). Se "So Legit", onde a intérprete tema desta edição fala mal sobre Gaga escrita anos atrás está disponível, é porque foi vazada. Julgar uma pessoa por algo que foi dito ou exposto anos atrás, em uma época diferente, é a mesma coisa que não acreditar na capacidade do ser humano de mudar e crescer. Com certeza você não pensa da mesma forma como pensava quando tinha 10 anos. Com certeza você não vai pensar como uma pessoa de 22 anos, quando tiver 33. As coisas sempre mudam, e é necessário saber acompanhar estas mudanças.

Terminamos esta matéria com um pedido: Não se deixe manipular por aquilo que parece ser o mais fácil a se pensar. Nunca forme sua opinião sobre algo ou alguém antes de saber o que realmente está por trás daquilo que parece ser. Muitas vezes o amor de fã fala mais alto e acabamos julgando injustamente ou até mesmo sem pensar aqueles que talvez não mereçam. O amor de fã é sim importante, mas deve estar sempre ao lado da razão, e não da alienação.

Tenham uma ótima quinta-feira e até a próxima!

Por: Hythalo Braga (@Hytho)

0 comentários:

NossosDestaques Confira os destaques do site

10/09 Dubai

13/09 Tel Aviv, IL

16/09 Istanbul, TR

19/09 Atenas, GR

23/09 Antwerp, BE

24/09 Amsterdam

27/09 Herning, DK

29/09 Oslo, NO

Blog Archive